VIII workshop grudis – ISCAC, 31 Maio, Tema: Zona Franca da Madeira: um balanço

Decorrido o VIII workshop grudis, dedicado ao tema “Segurança e confiança na utilização da Zona Franca da Madeira por empresas nacionais”, e com o programa disponível aqui, vimos dar-vos o respetivo feedback (especialmente a quem não pôde estar presente).

O sentimento geral de quem participou no workshop, num total de 88 pessoas (entre grudistas e não grudistas, com um forte presença de alunos do ISCAC), é de que este foi muito enriquecedor, proporcionando simultaneamente bons momentos de convívio e de networking.

Além da temática deste workshop ser, por si só, muito interessante, a verdade é que os colegas Cidália Lopes, Clotilde Celorico Palma, José Eduardo Gonçalves e João Trigo de Morais cativaram permanentemente o interesse da audiência com apresentações de elevada qualidade. O período de debate, que se seguiu ao final de cada uma das apresentações, foi bastante participativo, com diversas intervenções da audiência. É de realçar, neste workshop, a presença de diversos participantes não académicos (empresários, auditores, advogados, gestores, entre outros), oriundos de diversos pontos do país (designadamente Porto, Lisboa, Leiria, Madeira e, claro, Coimbra). Esta diversidade de participantes contribuiu decisivamente para o enriquecimento do debate, demonstrando que o grudis pode ter um papel ativo não só na academia mas também na comunidade profissional, respeitando um dos seus valores, concretamente o de promover “partilha de informação, conhecimento e experiências”.

Relativamente à organização mais local, e de logística, é importante referir a dedicação e o excelente trabalho da Cidália Lopes, fazendo-nos sentir verdadeiramente “em casa” no ISCAC- Coimbra Business School. Merece, ainda, especial realce o bom acolhimento que o ISCAC fez ao nosso workshop, com a abertura dos trabalhos a ser realizada pelo seu Presidente Manuel Castelo Branco. Aos participantes foi oferecido um coffee-break, o qual permitiu bons momentos de confraternização.

Em suma, ficamos com o sentimento de que o objetivo do workshop foi cumprido e de que foi uma tarde muito produtiva e agradável!

Por último, o nosso muito obrigado a todos os intervenientes e participantes neste VIII workshop grudis.

Beijinhos e abraços,

Carla Carvalho e Rui Robalo